Facebook apaga página do movimento “Direito a morrer com dignidade”

Esta sexta-feira, dia 25 de Maio, 4 dias antes da votação sobre a morte assistida na Assembleia da República, a página do movimento “Direito a morrer com dignidade” foi desactivada. Não foi recebida qualquer notificação e as várias tentativas de se fazer uma verificação de segurança, obtendo um código via telemóvel, que talvez permitisse desbloquear a página, foram infrutíferas.

O médico Bruno Maia já se dirigiu ao Facebook, tentando perceber o que se passa. Acredita-se que tenha havido um ataque planeado. Ainda não houve qualquer resposta.

“A página do Movimento Cívico Direito a Morrer com Dignidade foi apagada do Facebook. Tratando-se de um movimento que pugna pela despenalização da morte assistida num momento em que Portugal discute e votará este tema em breve, será que a direção do movimento deve presumir que o Facebook tomou partido nesta questão? Estamos há horas a tentar resolver o problema sem sucesso. A direção do movimento falará com toda a comunicação social até ao final da tarde de hoje explicando o sucedido e apresentará formalmente um pedido de explicações ao Facebook.

Com os melhores cumprimentos,

Pela direção do Movimento Cívico Direito a Morrer com Dignidade,

Bruno Maia”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s